Polícia

Polícia Civil conclui inquérito e prende três pessoas suspeitas de homicídio no sul do Estado

Um crime de homicídio ocorrido no dia 15 de agosto de 2020, em Gurupi foi esclarecido pela Polícia Civil do Tocantins, quando policiais civis da 3ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (3ª DHPP), de Gurupi cumpriram na manhã desta segunda-feira, três mandados de prisão preventiva. Os indivíduos, de 20, 28 e 31 anos são apontados como os autores da morte de um homem de 51 anos, cujo corpo foi localizado às margens da BR 242.

A vítima, que já havia cumprido pena pelos crimes de tráfico de drogas, roubo e homicídio, no dia dos fatos, estava na Vila Quixaba, município de Peixe-TO, quando foi seguida pelo indivíduo de 28 anos.

Ao chegar próximo a uma ponte, na BR 242, já na circunscrição de Gurupi, foi surpreendida pelo autor que disparou um tiro que a atingiu na cabeça, em seguida o autor fugiu em uma moto. O corpo foi encontrado somente na manhã do dia 16 de agosto e então removido para o IML de Gurupi.

No decorrer das investigações o delegado-chefe da 3ª DHPP, após a identificação de todos os envolvidos no crime, representou junto ao Poder Judiciário pela prisão dos três homens, as quais foram deferidas e cumpridas na manhã de hoje.

Também foi apurado pela unidade especializada que os três suspeitos agiam em conjunto, sendo que os indivíduos de 20 e 31 anos forneceram armas e munições ao autor. A arma de fogo utilizada foi apreendida numa operação da 3ª DHPP alguns meses após o crime.

As investigações da 3ª DHPP também apontaram que no dia do crime, o homem de 28 anos também teria tentado matar outro desafeto na cidade. Os três indivíduos estão recolhidos na Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.