Geral

Homem é condenado a mais de 89 anos de prisão por estuprar cinco crianças em Pau D’Arco

Um homem de 51 anos foi condenado pela Justiça a mais de 89 anos de prisão por estuprar cinco crianças em Pau D’Arco. Na época dos crimes, as vítimas, tanto meninas como meninos, tinham idade entre três e 12 anos.

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual, o réu sempre agia da mesma maneira, oferecendo presentes para atrair as vítimas. A denúncia apontou que ele prometia celulares, bicicletas e dinheiro. A movimentação de crianças na casa dele chegou a causar desconfiança na população da cidade.

A investigação demonstrou que o homem também levava as vítimas para uma ilha fluvial no rio Araguaia, onde os abusos aconteciam. No local ele incentivava as crianças a praticarem tiros com armas de fogo.

Após os abusos sexuais o réu ainda ameaçava as crianças. Assim que os primeiros casos foram descobertos ele passou a ameaçar também as famílias das vítimas, como forma de tentar silenciá-las. Durante a prisão a polícia aprendeu sete armas de fogo.

A investigação apontou que o criminoso tinha preferência por vítimas com idade entre cinco e nove anos. Durante as investigações, segundo o MPE, várias crianças passaram a apresentar depressão, com tendência suicida e até prática de automutilação.

O julgamento aconteceu no dia 26 de abril, mas as informações só foram divulgadas nesta segunda-feira (16). O homem respondeu ao processo detido na Cadeia de Colinas do Tocantins. Ele ainda poderá recorrer da sentença, mas continuará preso.