Polícia

Suspeitos de matar homem a pedradas em casa abandonada são presos em Paraíso do Tocantins

Dois homens de 27 e 42 anos foram presos em Paraíso do Tocantins durante uma investigação de homicídio. Segundo a Polícia Civil, eles são os principais suspeitos de terem matado um homem a pedradas dentro de uma casa abandonada da cidade. O corpo da vítima de 36 anos foi encontrado em estado de decomposição.

As prisões aconteceram nesta quarta-feira (18), mas o assassinato no último domingo (15). Conforme a polícia, o crime teria sido motivado por ciúmes de uma mulher.

O caso começou a ser investigado na terça-feira (17), depois que o corpo da vítima foi encontrado. Conforme a polícia, no domingo a vítima estava na companhia dos dois suspeitos e também da companheira de um deles. Os quatro entraram em uma casa abandonada, localizada no centro de Paraíso.

“Ocorre que, em determinado momento o autor ficou incomodado pelo fato de a vítima ter ficado a sós com a mulher por alguns momentos. Assim, enfurecido e com muito ciúme, o investigado atraiu o homem para o outro cômodo e, com a ajuda do segundo indivíduo, passou a agredir com pedradas a vítima, que sofreu graves ferimentos, sobretudo na região do rosto e pescoço”, disse o delegado Antônio Onofre da Silva Filho.

Após o crime os três fugiram. A polícia conseguiu identificar os suspeitos e os dois foram detidos em cumprimento de mandado de prisão. Eles foram levados para a Unidade Penal de Paraíso do Tocantins, onde ficam a disposição da Justiça.

G1 TO